Artrose No Joelho: O Que Eu Preciso Saber

0
1502

Quando se fala em artrose, o joelho é a articulação na qual essa condição mais se manifesta. Quando um paciente é diagnosticado com artrose no joelho, isso significa que há um desgaste das cartilagens, fazendo com que as partes opostas dos ossos entrem em atrito e causando diversos problemas.

Há muitos fatores que podem influenciar o desenvolvimento da artrose: predisposição genética, sobrepeso, idade, entre outros. Quer saber tudo o que você precisa sobre a artrose? Confira abaixo os principais fatores sobre essa condição:

O Que É Artrose?

A artrose é uma doença caracterizada pela degeneração da cartilagem que cobre os nossos ossos, podendo ocorrer em qualquer articulação. No entanto, o local mais comum para se manifestar são os joelhos.

A doença é também chamada de osteoartrite e acontece quando as cartilagens das nossas articulações estão desgastadas, resultando em atrito entre os ossos.

Quais São Os Fatores De Risco Da Artrose No Joelho?

A artrose no joelho se desenvolve com o desgaste natural das cartilagens dessa articulação. Os principais fatores que podem fazer com que a doença apareça são os seguintes:

  • Fatores genéticos;
  • Sobrepeso;
  • Uso excessivo e desgaste natural da articulação;
  • Falta de exercício físico;
  • Sobrecarga na articulação – em esportes, por exemplo;
  • Traumas;
  • Idade;
  • Gênero (as mulheres têm mais chances de desenvolver artrose)

A faixa de idade mais afetada pela artrose são as pessoas com mais de 45 anos. Mesmo assim, caso se encaixe nos fatores de risco, o indivíduo mais jovem também pode desenvolver a condição.

Quais São Os Sintomas?

Os sintomas da artrose se desenvolvem bem devagar. Nas fases iniciais, por exemplo, pode não haver sintoma algum. Com o tempo, é comum que eles comecem a incomodar o paciente.

Outra dica importante é que os sintomas da artrose podem se confundir com os de outros tipos de artrite, então é bom ficar atento aos seus sinais.

Veja os sintomas mais comuns da artrose:

  • Dor na articulação;
  • Rigidez no local afetado;
  • Redução na flexibilidade;
  • Estalos durante algum movimento;
  • Inchaço e calor, quando a junta estiver inflamada;
  • Limitação nos movimentos da articulação;
  • Músculos da coxa enfraquecidos.

Quais São Os Tratamentos Para Artrose No Joelho?

O tratamento da artrose no joelho visa ao controle das dores, à redução do estresse sobre as articulações e à preservação e melhoramento da mobilidade articular.

São opções para tratamento de artrose:

  • Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios que ajudam com a dor;
  • Fisioterapia no joelho — é importante respeitar as limitações do indivíduo, mas o procedimento deve ser contínuo;
  • Exercícios físicos e alongamento muscular para fortalecimento da musculatura e ampliação do ângulo de movimento;
  • Para casos mais graves, é feita infiltração de corticóides ou tratamento cirúrgico — artroscopia;
  • Manter uma alimentação saudável também pode ajudar pessoas com artrose, pois há alimentos que estimulam processos inflamatórios.

Qual A Importância Do Exercício Físico?

As pessoas costumam pensar que o exercício físico pode prejudicar ainda mais o joelho comprometido pela artrose, mas não é bem assim. A atividade física é fundamental para preservação da articulação e da mobilidade.

Veja alguns dos benefícios de se manter ativo:

  • Redução da dor;
  • Melhora o humor e a qualidade de vida;
  • Ajudar a controlar outras possíveis patologias crônicas;
  • Os exercícios podem afastar a necessidade de procedimentos cirúrgicos.

Os exercícios mais indicados para quem tem artrose são aqueles feitos na água, pois eles diminuem a sobrecarga nos joelhos. No entanto, outros exercícios podem ser realizados, sempre priorizando aqueles que fortalecem os músculos da coxa.

Algumas dicas para você começar a se exercitar agora mesmo:

  • Comece aos poucos;
  • Respeite os limites do seu corpo e altere a intensidade à medida que achar necessário;
  • Busque ajuda de um profissional;
  • Escolha as atividades que tenham menor impacto sobre a articulação afetada.

É muito importante ficar atento aos fatores de risco, aos sintomas e à necessidade de se fazer exercícios físicos para evitar o desenvolvimento ou a progressão da artrose no joelho. Manter-se ativo ameniza as dores articulares e melhora a qualidade de vida em todos os aspectos.

Fonte: http://www.aconchegoidosos.com.br/artrose-no-joelho-o-que-eu-preciso-saber/

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

COMPARTILHE
Artigo anteriorA Fibromialgia e o tratamento com a Hipnose
Próximo artigoSTF decide se Estado deve fornecer remédios de alto custo
Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta