Centro de Infusão

0
516

Centro de Infusão é o local para infusão de medicamentos endovenosos (pela veia). Quando temos indicação médica de receber Pulsoterapia, Ciclofosfamida ou medicamentos biológicos, a maioria das vezes recebemos essas medicações em locais onde pessoas com todo tipo de doenças e situações clínicas, também recebem quimioterapias e outras medicações endovenosas. O que nos causa uma situação de stress muito grande.

Primeiro pensamos que nossos cabelos também vão cair como os de outras pessoas que tem outras doenças, e também acompanhamos a movimentação no Box ao lado de pessoas passando muito mal durante a infusão. Quando recebi as doses mensais de Pulsoterapia combinada com Ciclofosfamida, durante algumas doses infundi internada por 4 dias, mas nas últimas doses estava infundindo na “casa da quimioterapia”, realmente não era legal, nunca sabia quem seria o paciente da poltrona ao lado e minha mãe que ficava na recepção, toda vez que saímos parecia que ela havia passado por um choque de realidade. Isso gera tanto em nós pacientes, quanto em nossos acompanhantes uma situação de grande ansiedade, porque começamos a ficar com medo da próxima infusão, pois vivemos situações das mais diversas em um centro de quimioterapia.

A partir de Janeiro/2012 a ANS, através da Resolução RN nº 262, estabelece que os planos de saúde ofereçam cobertura completa para a infusão de imunobiológicos endovenosos. Temos duas seguidoras deste blog que conseguiram a liberação de medicamento biológico depois da publicação dessa resolução. Porém, os planos de saúde ainda não contam com centros de infusão especializados em doenças auto-imune, e terminam indicando a infusão em centros de quimioterapia. Acredito que podemos solicitar a nossos convênios que nos permitam um local especial, para que nós reumáticos possamos infundir esses medicamentos.

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

COMPARTILHE
Artigo anteriorEntendendo uma pericia médica e a função do perito médico do INSS
Próximo artigoEncontrAR 03/09/11
Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta