Fisioterapia e a terapia ocupacional na Artrite Idiopática Juvenil

0
514

A fisioterapia e a terapia ocupacional trabalham em conjunto, buscam aliviar os sintomas da artrite e prevenir o aparecimento de deformidades, mantendo e melhorando as tarefas cotidianas, as atividades de lazer e escolares.

O objetivo do tratamento é que as crianças e os adolescentes fiquem ativos em suas atividades e com boa qualidade de vida. Para atingir esse objetivo, são usados exercícios de força muscular, alongamentos, órteses (aparelhos usados para evitar deformidades) para as mãos, palmilhas, programas de educação para o paciente e para a família, além de treinamento para as atividades diárias.

É importante incluir na rotina as atividades físicas com baixo impacto, como a natação, e realizar em casa os exercícios passados pelo fisioterapeuta.

Cartilha ACREDITEFonte:

Cartilha: Meu Filho tem Artrite Um Guia para Famílias

Acredite – ONG Amigos da Criança com Reumatismo

Disponível em

http://acredite.org.br/wp-content/uploads/2012/05/artrite.pdf

A Acredite tem a Missão de “Melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes com doenças reumáticas, viabilizando e facilitando o seu tratamento.” Atuam no estado de SP e recebem crianças de todo o Brasil, através do ambulatório de reumatologia pediátrica, é uma entidade sem fins lucrativos e contam com apoio de doações, que podem serem realizadas através do link: www.acredite.org.br

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída.
Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta