Mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave triplicam em um ano

0
793

Em apenas um ano, o número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que evoluíram e resultaram na morte dos pacientes mais do que triplicou, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Desde 1º de janeiro de 2016 até o último dia 9 de julho, a pasta já somou 74 casos de SRAG que levaram pacientes a óbito. No mesmo período do ano anterior, o número era de 23.

Desses 74 pacientes de SRAG que faleceram em 2016, 14 deles tiveram o diagnóstico confirmado para H1N1. Outros 43 casos foram encerrados por SRAG não especificada e quatro foram classificados como sendo motivados por outros vírus respiratórios. Os demais óbitos permanecem em investigação. No boletim divulgado em 4 de julho, o número de óbitos motivados por SRAG era de 65.

No boletim divulgado pela SES nesta segunda (18), a Secretaria ainda notificou 1.025 casos de SRAG, dos quais 60 tiveram confirmação de influenza H1N1. As notificações foram contabilizadas de janeiro até o último dia 9 e, no mesmo período de 2015, foram contabilizados 700 casos. De acordo com a SES, os casos da doença em questão têm agravamentos que necessitam de internação.

No mesmo documento, a pasta também informa que realizou 330 coletas de pacientes com Síndrome Gripal (SG), doença cujos casos são mais leves, desde janeiro até o último dia 9. Desse total, 43 tiveram resultado positivo para H1N1. Em 2015, a Secretaria não confirmou nenhum caso do vírus em Pernambuco.

Fonte: G1 Globo

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída.
Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta