Novo medicamento oral para Artrite Reumatoide chega ao Brasil, Citrato de Tofacitinibe (Xelzanz)

0
761

Citrato de Tofacitinibe (Xelzanz), está disponível para compra no Brasil e foi aprovado em outros 36 países.

Tofacitnibe (Xelzanz), é um medicamento oral (comprimido), com efeito semelhante ao medicamento biológico, sobre o controle da artrite reumatoide, no entanto, não é um “biológico oral”, é um medicamento sintético e pode ser usado em monoterapia e não precisa ser associado ao Metotrexato.

Medicamento Oral, com efeito semelhante ao Biológico - Tofacitinibe (Xelzanz) R$ 3.450 (1 mês de tratamento)
Medicamento Oral, com efeito semelhante ao Biológico – Tofacitinibe (Xelzanz)
R$ 3.450 (1 mês de tratamento)

Citrato de Tofacitinibe (Xelzanz) – Indicação: falha terapêutica DMARD tradicionais ou DMARD Biológico 1º ou 2 º linha, resposta inadequada ao Metotrexato ou intolerância ao MTX. Tofacitinibe, pode ser usado em monoterapia (sozinho, quando se toma Tofacitinibe, é possível, tomar apenas ele).

Uso seguro: requer controle de enzimas hepáticas, renais e hemograma.

Tofacitinibe – Xeljanz, foi aprovado no Brasil na versão de 5 mg, o frasco do Tofacitinibe foi aprovado pela Arthritis Foudation (é fácil de abrir).

Posologia:  A dose usual é de 02 comprimidos ao dia – 01 pela manhã e 01 pela noite, meia vida é de 03 horas.

Valor de mercado pra venda no Brasil:  preço médio R$ 3.450 a embalagem com 60 cápsulas (suficientes para 30 dias). O laboratório produtor Pfizer do Brasil, está negociando com a rede pública de saúde, para incorporação deste medicamento no rol do PCDT “Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde, para o tratamento da artrite reumatoide”

O citrato de tofacitinibe (Xelzanz) tem um mecanismo de ação diferente dos outros tratamentos, pois age dentro das células, neutralizando a ação da proteína janus quinase, buscando impedir a atividade inflamatória.

Um novo medicamento renova nossas esperanças de controle e remissão da doença, esperamos que brevemente esteja sendo fornecido pelo SUS, nas farmácias de alto custo.

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta