O que é a dor facetária ou artrose da articulação das facetas?

0
1611

A artrose da Articulação facetária (dor facetária) é uma das causas comuns de dores na parte inferior das costas e no pescoço em adultos. A dor facetária é uma patologia em que as pequenas articulações, chamadas facetas, na parte de trás da espinha sofrem com artrose e se tornam dolorosas, semelhante ao modo como a artrose no joelho ou nos quadris é dolorosa.

As articulações conectam os ossos que se alinham para formar a espinha. Articulações saudáveis deslizam livremente e permitem o movimento. O processo natural de envelhecimento, lesões, artrite e certas condições da coluna podem mudar a maneira com que as articulações facetarias se movem e levam a dor e ao movimento restrito. Tais sintomas são conhecidos como síndrome da articulação facetaria.

A artrite da articulação facetária também é conhecida como artropatiafacetaria e espondilose. Para a maioria das pessoas, os sintomas da síndrome da articulação facetaria são aliviados com medicamentos e fisioterapia. Um processo para proporcionar resultados mais duradouro, a neurotomia por radiofrequência (rizotomia por radiofrequência), utiliza o calor para ‘”desligar” um nervo e impedi-lo de captar sinais de dor.

Medicamentos, fisioterapia e neurotomia por radiofrequência podem aliviar os sintomas da síndrome restaurar o movimento livre de dor para que possa retomar a maioria de suas atividades favoritas e desfrutar de uma melhor qualidade de vida. As articulações facetarias conectam os corpos vertebrais, ou ossos, na espinha um com o outro e ajudam a manter a espinha estável com movimentos normais.

As articulações facetarias são revestidas com cartilagem, contém uma pequena dose de fluído de articulação, e estão envoltas por uma capsula articular. Há um par de articulações facetarias em cada nível e eles são nominados a partir dos corpos vertebrais que eles conectam. Por exemplo, a articulação da faceta L4/5 conecta os corpos vertebrais lombares (L4 e L5).

anatomia-coluna-vertebral-1024x634

A coluna vertebral é composta por uma série de ossos chamados vértebras. Uma coluna saudável tem três frentes naturais para fazer curvas. A coluna cervical situa-se no pescoço, da coluna torácica é na parte superior das costas, a coluna lombar forma a curva abaixo da cintura na parte inferior das costas.

Com a exceção das duas primeiras vértebras, um par de articulações conecta cada um dos ossos da coluna vertebral. As articulações proporcionam estabilidade e permitem uma movimentação da coluna. As superfícies dos ossos nas articulações são cobertas por cartilagem. A cartilagem forma uma superfície lisa para que os ossos deslizem durante o movimento.

Uma membrana chamada sinovial fica alinhada nas articulações facetarias. A Sinovial secreta um líquido espesso chamado líquido sinovial. Este líquido atua como um amortecedor e um lubrificante entre os ossos nas articulações. O fluido sinovial reduz o atrito entre os ossos e evita o ‘desgaste e ruptura’.

Fonte: Hong

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta