Primeira checagem em beneficios aponta 10 mil fantasmas no Bolsa Família

0
765

O governo Michel Temer está passando pente-fino em benefícios para que não haja fraudes e pagamentos indevidos. De acordo com a colunista Miriam Leitão, do jornal O Globo, a primeira checagem no Bolsa Família já identificou 10 mil fantasmas. A informação foi divulgada pelo ministro Osmar Terra. Para ajudar no controle do programa, os bancos de dados e cadastros estão sendo unificados.

Os números do seguro-defeso também chamou atenção. Este é o benefício dado aos pescadores que param o trabalho na época de desova dos peixes. Em Brasília, há 45 mil pescadores recebendo o seguro-defeso. O problema é que o número é muito alto para o distrito, pois lá há apenas o lago Paranoá e alguns rios.

Outro dado que chamou atenção foi o fato de ter 1 milhão de pessoas recebendo auxílio-doença há mais de dois anos. O auxílio-doença é temporário e deve ser renovado em algumas semanas. O governo Temer vai propor que os beneficiados do benefícios sejam reavaliados pela perícia.

Fonte: Hora Brasil

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída.
Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

COMPARTILHE
Artigo anteriorArtrite reumatoide atinge mais de 150 mil brasileiros por ano
Próximo artigoSecretaria de Saúde de Itapema inicia novo grupo para pacientes com dores crônicas na Secretaria de Saúde

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída.
Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta