Sintomas do lúpus vão desde dor nas juntas até a psicose

0
13

No Saúde sem Complicações desta semana o professor Flávio Calil Petean, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, fala sobre lúpus. Ele conta que lúpus em latim significa “lobo”, que remete ao lobo inglês que possui mancha vermelha na face, assim como os pacientes com a doença.

Petean diz que o lúpus não é raro e faz com que o corpo produza anticorpos contra ele mesmo. Além disso, a área atingida mais comum é a pele, mas pode afetar couro cabeludo, olhos, tubo digestivo, artérias, pâncreas, nervos e até as veias.

Entre os sintomas, revela, estão dores nas juntas, manchas vermelhas na pele em partes mais expostas ao sol, asa de borboleta no dorso do nariz e na região abaixo dos olhos, febre, queda de cabelo, convulsões, distúrbio de comportamento e até psicose.

O programa Saúde sem Complicações é produzido pela locutora Mel Vieira e pela estagiária Giovanna Grepi, da Rádio USP Ribeirão, com trabalhos técnicos de Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana. Apresentação de Mel Vieira e direção de Rosemeire Soares Talamone. Ouça acima, na íntegra, o programa Saúde sem Complicações com o professor Flávio Calil Petean.

Fonte: https://jornal.usp.br/radio-usp/radioagencia-usp/sintomas-do-lupus-vao-desde-dor-nas-juntas-ate-a-psicose/

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

COMPARTILHE
Artigo anteriorConLdeLupus registre seu apoio
Próximo artigoAPDF apela a fibromiálgicos para denunciarem médicos que os desrespeitem
Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta