Hiperdia – Mutirão de hipertensão, diabetes e colesterol com serviços gratuitos para a população

0
649

Serão oferecidos exames de sangue para dosagem de colesterol, glicemia e função renal, além de consultas com cardiologistas, enfermeiros, nutricionistas, e distribuição de material informativo, dia 06/08, sábado, das 7h30 às 14h30, na sede da Fundação Lar Harmonia, em Piatã.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia – Seção Bahia em parceria com a Fundação Lar Harmonia realizará um mutirão com consultas e exames gratuitos. A iniciativa que acontece pelo terceiro ano consecutivo faz parte do calendário ações de prevenção das doenças cardiovasculares. O Laboratório LPC, um dos apoiadores, será responsável pela coleta dos exames de sangue para avaliar dos níveis de colesterol, glicemia e função renal. Os atendimentos vão contar com a participação de cardiologistas e profissionais dos Departamentos de Nutrição, Enfermagem, de membros da Liga de Clínica Médica da UNIME, residentes do Hospital Santa Izabel e da Fundação Bahiana de Cardiologia. Serão atendidas 200 pessoas, das 7h30 às 14h30, no Ambulatório Médico Eurípedes Barsanulfo, localizado na sede do Lar Harmonia, à Rua Deputado Paulo Jackson, Nº 560 – Piatã. Os pacientes devem estar em jejum de pelo menos 8 horas para realizar os exames de sangue.

A PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CARDIOVASCULARES EM NÚMEROS   As doenças cardiovasculares (DCV`s) afetam anualmente, no Brasil, cerca de 17,1 milhões de vida.  São registradas no país 300 mil mortes todos os anos em decorrência destas doenças, que podem se manisfestar principalmente como infartos, derrames e mortes súbitas.

 Quase metade dos que morrem devido a doenças cardiovasculares estão no período mais produtivo da vida – entre 15 e 69 anos de idade. – Pelo menos 80% das mortes prematuras podem ser evitadas por meio de dieta saudável, atividade física regular, restrição ao tabaco e ao álcool e pelo controle efetivo da pressão arterial. – A pressão alta é o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares. Cerca de 80% das pessoas que sofrem derrame são hipertensas. 40 e 60% dos pacientes com infarto apresentam hipertensão associada.

Controle dos fatores de risco diminui as chances de ocorrência das DCV’s:

1) Controlando o colesterol: Menos 20% de risco de derrame Menos 25% de risco de morte Menos 33% de risco de infarto ;

2) Controlando a pressão arterial: Menos 15% de risco de infarto Menos 42% de risco de derrame;

3) Parando de fumar Menos 50% de risco de infarto Menos 70% de risco de morte   4)      Perdendo peso e praticando exercícios físicos Menos 25% de risco de diabetes.

Fonte: Correio 24h

Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída.
Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta